Características Econômicas, Políticas e Sociais dos Países Platinos (Paraguai, Uruguai e Argetina)


Países Platinos

Paraguai

O Paraguai localiza-se no Centro-Sul da América do Sul. Sua metade norte insere-se na zona intertropical do Sul e apresenta climas tropical seco no norte e nordeste e tropical na área central. O restante do país está situado na zona subtropical Sul, reproduz, portanto, um clima subtropical ameno.

Países Platinos (Paraguai, Uruguai e Argetina)

É destaque no país uma extensa área plana e alagada na região leste onde se costuma cultivar soja, seu principal produto de exportação. A oeste, numa área denominada de Gran Chaco, predomina savanas usadas na pecuária. O rio Paraguai, que liga o país de norte a sul, é a mais importante via comercial num país mediterrâneo. É ainda banhado pelo rio Paraná que na fronteira com o Brasil foi construído a usina de Itaipu, a maior do mundo em operação e na fronteira com a Argentina a usina de Yaciretá.

Vivem no Paraguai cerca de seis milhões de habitantes, predominantemente rural, mestiça (eurameríndios) com baixíssimo padrão de vida. O Paraguai é o menos desenvolvido dos países platinos. As principais cidades são: Assunção, capital com cerca de 1.300.000 habitantes (aglomeração urbana-2000); Ciudad dei Este e San Lorenzo com cerca de 140.000 habitantes cada.

No Paraguai vive um grande número de brasileiros – os brasiguaios – somam cerca de 450 mil, na maioria agricultores que década de 1980 lá se estabeleceram ocupando áreas próximas à fronteira com o Brasil, atraídos pela vigorosa expansão de sua fronteira agrícola e hoje é fonte de tensão com os habitantes locais.

A economia do Paraguai baseia-se na atividade agrária e no setor comercial. Na atividade extrativa, destaca-se o quebracho que fornece o tanino muito usado para curtir o couro, a erva-mate na qual é grande exportador e as madeiras de lei como o cedro, a peroba etc. Atualmente, a criação de gado bovino é importante atividade econômica, realizada em áreas do Chaco e no Sul do país. As culturas de algodão, tabaco e soja apresentam excedentes para a exportação e são cultivadas junto ao Rio Paraguai e na planície do Chaco.

As pequenas indústrias paraguaias localizam-se em Assunção, que é o único núcleo industrial de certa importância do país. A energia produzida pela Usina Hidrelétrica Binacional de Itaipu que cabe ao Paraguai é em grande parte exportada para o Brasil. Após décadas de ditadura, o regime político é ainda bastante instável.

Uruguai

É o menor país da América Platina e encontra-se localizado no sudeste da América do Sul, às margens do rio da Prata. Encontra-se totalmente na zona subtropical sul e possui um relevo levemente ondulado com inúmeras planícies recobertas por vegetação campestre. O Uruguai tem uma população de cerca de 3,4 milhões de habitantes, e apresenta uma densidade demográfica de apenas 19,3 hab/km2. Cerca de 90% da população vive em cidades, no sul do país ao longo do estuário do Prata, boa parte na capital, Montevidéu (1.400.000), Paysandú e Punta dei Este. A maioria dos uruguaios descende de europeus (espanhóis e italianos). Seu padrão de vida está entre os melhores da América do Sul; tem o terceiro maior índice de Desenvolvimento Humano (IDH) da região, uma das menores taxas de analfabetismo, baixo crescimento vegetativo (0,7% ao ano) e a uma das mais elevadas rendas percapita da região.

A economia uruguaia baseia-se em atividades agro-pastoris. A criação de bovinos (11,5 milhões) e ovinos (19 milhões) constituem sua principal fonte de renda; a principal área criatória é a porção centro-norte, devido ao clima ameno, à vegetação rasteira e ao relevo plano. A agricultura ocupa somente 12% da superfície do Uruguai (ao longo do estuário do Prata), onde há produção de trigo, milho, arroz, uva e linho.

Por não possuir recursos minerais e matérias-primas suficientes, o Uruguai apresenta seu desenvolvimento industrial baseado na agropecuária. As principais indústrias são os frigoríficos, as indústrias têxteis (lã e algodão), de couro e laticínios. A maior parte das indústrias localiza-se no sul do país, junto ao estuário do Prata e na região de Montevidéu. É grande exportador de carne, lã e couro. Outra importante fonte de renda é o turismo que se expande por causa das praias de clima moderado banhadas pelo oceano Atlântico além dos cassinos.

Argentina

A Argentina possui o segundo maior território da América do Sul, são cerca de 2,7 milhões de km2, suas terras estão localizadas quase que inteiramente na zona subtropical do hemisfério sul, predominando o clima temperado. No oeste está a cordilheira dos Andes e o ponto mais alto das Américas, o pico Aconcágua com 7.000 metros de altitude.

Com uma população de cerca de 38,9 milhões (2004), pouco mais de 90% são brancos europeus, predominando cristãos católicos (92%). Quase 90% dos argentinos são elementos urbanos, vivem especialmente na região dos Pampas, a mais industrializada e rica do país, urn terço dos argentinos vivem na província de Buenos Aires. A cidade mais populosa é a capital Buenos Aires com 2.904.192 habitantes (cidade) e cerca de 12.600.000 com a área metropolitana (2000).

É o principal parceiro comercial do Brasil no Mercosul, o país é rico em minérios além de grande produtor de carnes, cereais e produtos industrializados. Nos últimos anos, a economia entrou em colapso com a falência do modelo cambial adotado em 1991. Até então a Argentina era dona de um dos melhores índices de Desenvolvimento Humano (IDH) da América Latina, hoje, todavia, metade de sua população vive abaixo da linha de pobreza – nos anos 1970, apenas 5% dos argentinos se encontravam nessa condição. O desemprego atingiu em 2002 um quarto da força de trabalho. Outro saldo negativo da crise é o aumento do índice de criminalidade, de 290% em dez anos.

Devido ao extenso território costuma-se dividi-la em cinco regiões geoeconômicas: o Chaco, a Mesopotâmia, o Pampa, a Patagônia e o Piemonte Andino. Dessas a região pampeana que se estende do Rio Salado (norte) até o Rio Colorado (sul) é a mais relevante. É a região mais rica e densamente povoada do país, constituí uma área de clima temperado úmido e planícies formadas por férteis solos negros comparáveis aos das estepes da Ucrânia.