Fases da Lua


A Terra possui um único satélite natural e ele se chama Lua. A Lua gira ao seu redor a uma altura de aproximadamente 385 mil quilômetros do nosso planeta. A Lua não possui atmosfera, o que inviabiliza a presença de vida humana sem o auxílio de equipamentos especiais. Da mesma forma, a gravidade neste corpo celeste é bem menor do que a da Terra, o que dificulta ainda mais a presença de seres vivos por lá.

O nome Lua na verdade é genérico, já que todos os demais satélites naturais do Sistema Solar possuem nomes específicos. Na verdade todos são “luas”, mas o nosso satélite natural “assumiu” o nome Lua como o seu próprio.

Lua

As fases da Lua

A Lua executa movimentos de rotação e translação, assim como a Terra executa ao redor do Sol. Estes movimentos exercem influência direta na vida na Terra e desempenham papéis importantes para muitas atividades realizadas pelas pessoas em nosso planeta. Tais movimentos dão origem as fases da Lua, que são períodos de visibilidade em que nosso satélite natural aparece nos céus para os seres humanos.
A definição das fases da Lua é feita com base na incidência da luz solar sobre o satélite. Quando a parte visível da Lua está totalmente voltada para a Terra, diz-se que a Lua está na sua fase cheia, por exemplo.
São quatro fases da Lua: Lua Nova, Lua Crescente, Lua Cheia e Lua Minguante. Entenda agora quais são as principais características das fases da Lua e sua influência sobre a vida na Terra.

• Lua Nova: a Lua Nova é considerada a primeira fase da Lua justamente por ser uma fase onde nós não conseguimos ver a parte iluminada do satélite. Isso ocorre quando a Lua está entre a Terra e o Sol. No entanto não se pode confundir esta posição da Lua com a condição de eclipse. Este ocorre em condições bem específicas;
• Quarto Crescente: Geralmente após 15 horas do início da Lua Cheia, a parte visível do satélite começa a aparecer para os terráqueos. Aos poucos o que é apenas um pequeno filete de luz vai se tornando cada vez mais visível até atingir a fase Crescente, que é quando a metade da parte visível da Lua está aparecendo no céu;
• Lua Cheia: a fase cheia da Lua acontece quando toda a parte visível do satélite está voltada para a Terra. É, de longe, a fase mais bonita da Lua e é quando as noites são mais claras e iluminadas. Durante a Lua Cheia é possível observar (em determinadas condições e épocas) a Super Lua. Este fenômeno acontece quando a Lua está cheia e em seu perigeu (no ponto mais próximo de sua distância em relação à Terra). A Super Lua fascina pessoas no mundo inteiro;
• Quarto Minguante: basicamente o quarto Minguante da Lua é o oposto do quarto Crescente, ou seja, apenas metade da parte visível do satélite pode ser vista pelos humanos. No entanto existe uma diferença importante: durante o período minguante, a Lua só pode ser observada durante a madrugada. Já no quarto Crescente a Lua pode ser vista no entardecer e no amanhecer.

Eclipses lunares e solares

Os eclipses são espetáculos a parte nas interações entre Sol, Terra e Lua. O eclipse é a “obstrução” da visibilidade de um corpo no espaço. Logo, um eclipse solar acontece quando a Lua fica entre a Terra e o Sol. É importante lembrar que várias condições precisam ser contempladas para que este tipo de eclipse ocorra e ele sempre irá ocorrer na fase da Lua Nova, mas a recíproca não é verdadeira.
Já o eclipse lunar acontece quando a Terra fica entre a Lua e o Sol. Neste caso a sombra da Terra recai sobre a Lua. Este tipo de eclipse só acontece quando a Lua está na sua fase Cheia. Mas, da mesma forma, a recíproca não é verdadeira, já que outras condições precisam ser contempladas para que isso ocorra.

Influência das fases da Lua

A Lua exerce muitas influências sobre a Terra. Cientificamente falando, a principal destas influências é a alteração nas marés oceânicas. Esta influência sobre as marés é resultado da interação gravitacional que nosso satélite natural possui com o nosso planeta. Indiretamente, a mudança nas marés afeta toda a cadeia produtiva da pesca, o que atinge a economia mundial como um todo.
Ainda falando de influências, as fases da Lua influenciam os humanos também nas crenças e na cultura dos povos. E isso acontece há muito tempo, desde a Antiguidade. Civilizações utilizavam as fases da Lua para contar os dias, os meses e os anos. Muitas pessoas se baseiam nas fases da Lua para realizar colheitas e plantar. Outras crenças existem. Algumas ligadas ao ciclo reprodutivo de vários animais e até dos seres humanos. Mas tudo isso não passa de crença popular.