Geografia Física


Muito se engana quem pensa que a Geografia é um ramo muito amplo do ensino, uma vez que ele também se subdivide em uma série de estudos específicos.

E um exemplo disso é a vertente da Geografia Física. A Geografia Física, como o próprio nome já nos dá a entender, consiste em um ramo da Geografia voltado exatamente para a análise e estudos enfocados nas características naturais do estado terrestre.

Quais são os objetivos da Geografia Física?

Sendo assim, ela tem como principal objeto de conhecimento as principais características do planeta Terra, assim como seus elementos naturais e dinâmica de uma forma geral. Alguns dos aspectos estudados por essa ciência são o clima, a topografia, o relevo, geologia, hidrografia, vegetação e muitos outros que veremos com o decorrer deste artigo.

Geografia

Vale a pena destacar que a Geografia é dividida em dois grandes ramos: a Geografia Física e a Geografia Humana. Mesmo assim, as duas vertentes estão interligadas entre si principalmente no momento de estabelecer características próprias, padrões e únicas de um determinado espaço.

Sendo assim, ambas as ciências estão diretamente relacionadas. Enquanto uma analisa os aspectos mais humanísticos, a Geografia Física vai enfocar especialmente nos naturais. E quando as duas áreas são reunidas, é possível analisar por completo um determinado espaço geográfico, sendo este o principal ramo da Geografia.

A divisão tem como principal intuito facilitar a própria pesquisa – tanto dos acadêmicos, como também do público em geral – além disso, até o presente momento, ela nunca foi alvo de críticas na tentativa de algo que possibilite uma abordagem com teor mais crítico sobre ambos os assuntos.

E para quem pensa que a Geografia Física pode ser muito específica e poucos são os seus campos de estudo, certamente este é um engano. O profissional que se especializa nestes estudos conhece a fundo as principais características das estações do ano, as classificações do solo, vegetação e relevo, a própria forma da terra e biosfera, as bacias hidrográficas, fenômenos de eclipse e outros naturais, a deriva continental e muito mais.

Sendo assim, absolutamente todas as manifestações terrestres e que ocorrem de maneira natural – mesmo aquelas que envolvem processos terrestres e superficiais – são estudadas pelos geógrafos especializados na parte física. Os próprios elementos internos do nosso planeta, responsáveis pela manifestação do relevo, vegetação e formas do nosso planeta também estão entre os principais objetos de estudo desse profissional.

Vamos conhecer então quais são os principais estudos desse ramo da Geografia?

Geografia Física e seus principais estudos

As dimensões e abordagens da Geografia Física englobam estudos de geomorfologia, climatologia, hidrologia, pedologia, biografia, glaciologia e muitos outros. Porém, grande parte deles são temas com ligação direta com outros, e por isso, há um processo de aglutinação.

Dessa forma, os estudos da Geografia Física estão, na maioria dos casos, dentro de quatro diferentes temas, sendo eles a atmosfera, a litosfera, a hidrosfera e a biosfera. Além disso, cada um desses quatro assuntos geralmente mantém relações com outras ciências e áreas do conhecimento, como é o caso da Biologia e Geologia.

Conheça cada uma dessas subclassificações dentro da Geografia Física e os principais estudos em cada uma dessas áreas.

• Atmosfera

A atmosfera é a área pela qual o profissional atua com estudos referentes aos elementos presentes em nosso ar e a movimentação dos mesmos. Ela também engloba todo tipo de processo que ocorre na parte superior da nossa superfície terrestre, assim como as mudanças e alterações climáticas e demais ocorrências neste sentido.

• Litosfera

Por outro lado, a litosfera é a área dentro da Geografia Física que cuida, especificadamente, da porção do nosso planeta constituído por rochas. Na realidade, essa área promete ser muito mais abrangente, uma vez que se relaciona com cada uma das camadas internas do nosso planeta. Esse estudo é complexo uma vez que tal fator pode influenciar de maneira direta – ou indireta

– nas transformações de relevo do nosso planeta.

• Hidrosfera

A hidrosfera atua na pesquisa de questões que estejam relacionadas tanto ao comportamento como aos próprios fluxos de água da superfície da Terra, o que envolve tanto lagos e rios, como também oceanos e mares do nosso planeta.
Nesse sentido, vale destacar que os estudos da água doce, dos mares e das bacias hidrográficas e rios fazem parte dessa área da Geografia Física, sendo inclusive de extrema importância para seu desenvolvimento.

• Biosfera

Por fim – mas longe de ser menos importante – a Geografia Física também volta os seus esforços para o estudo da biosfera, que inclui não só conceitos da Geografia como também da própria Biologia.

Sendo assim, vale a pena destacar que o profissional desta área é quem faz a ligação entre os setores apresentados anteriormente – hidrosfera, atmosfera e litosfera com a biosfera, ou seja, a própria relação entre os seres vivos e a adequação dos mesmos a cada uma dessas esferas do estudo geográfico físico.