Oásis


Você já esteve em um deserto? A maioria das pessoas vai responder negativamente a essa pergunta. Mas mesmo que nunca tenha visitado de fato um deserto, você provavelmente já ouviu falar do tempo seco e das extremas condições climáticas neste cenário. A temperatura pode chegar a 45ºC em desertos localizados em áreas quentes, como ao Norte do México e na Arábia, por exemplo, enquanto que a noite, nas regiões frias, como o Deserto de Gobi (Mongólia) e as Montanhas Rochosas, atinge picos de até 5ºC negativos, podendo até mesmo nevar. A amplitude térmica permanece alta em qualquer uma dessas situações.

Oásis

Agora imagine você caminhando por um deserto, sob o sol de 45ºC. Em pouco tempo, você certamente estará ávido por água, sombra e um local onde possa descansar um pouco. Mas todos sabem que é muito difícil encontrar tudo isso em pleno deserto. Se você pensa que quem se encontra nessa situação está definitivamente sem saída, saiba que ainda existe uma esperança: encontrar um oásis. Trata-se de uma área isolada, cujo solo é fértil e na maior parte das vezes recoberto por vegetação. Agora você deve estar se perguntando: “Mas como? Se não há chuva?”. Isso é possível devido a nascentes de água que irrigam o solo e possibilitam o crescimento de alguma área verde.

Esses locais são de suma importância para os viajantes, independentemente de qual o rumo ou razão pela qual necessitam cruzar o deserto. Ali, eles podem parar, abastecer suas reservas de água e descansar um pouco para retomar o fôlego e seguir viagem. É comum que caravanas de comerciantes façam uma parada em locais como este para que possam seguir com suas mercadorias até o seu destino. Trata-se de uma estratégia criada pela própria natureza, que é sábia e compreende tudo o que precisamos para sobreviver.

Curiosidades sobre oásis

• Se você é estudante, provavelmente está nessa página procurando por uma pesquisa solicitada pelo seu professor, ou mesmo para complementar os estudos e fixar melhor a matéria vista em sala de aula. Mas muitos internautas podem ter vindo parar aqui por engano, quando na realidade estavam em algum site de busca, pesquisando por uma banda de rock chamada Oasis (pronuncia-se oeisis). Trata-se de uma banda surgida há mais de 20 anos na Inglaterra e que teve grande importância na história do rock britânico tornando-se famosa também em vários outros países. Há uma teoria que diz que o nome da banda teve inspiração em um clube de Manchester intitulado “O oásis”, onde os Beatles faziam um show bem no dia do nascimento de Noel Gallagher, que mais tarde fundaria a banda.

• Alguns desenhos animados ou filmes mostram pessoas caminhando pelo deserto. A certa altura, essas pessoas sofrem alucinações, tendo miragens de lindos oásis, que na realidade não passam de ilusão de ótica. Na vida real, é mais comum do que imaginamos que isso aconteça com pessoas que se encontram cruzando um deserto. A explicação para tal fenômeno está no cansaço, calor excessivo e a paisagem desértica, que se assemelha a um grande vazio, é sempre a mesma imagem, sem elementos ou cores.

Oásis famosos pelo mundo

Existem alguns oásis em desertos, que já se tornaram uma espécie de ponto turístico, devido a sua beleza. Você poderá observar que há diferenças e semelhanças entre eles. Conheça alguns:

• Huacachina – Localizado na cidade de Ica, no Peru, trata-se de um espaço que comporta um lago e algumas árvores, em meio às grandes dunas de areia que compõem o visual da cidade. Turistas que curtem cenários mais exóticos, com certeza irão amar.

• Fezã – Ao sudoeste da Líbia, um grande lago de 150.000m2, sofreu evaporações, até tornar-se em 20 pequenos lagos de água salgada. A decoração do local fica por conta de palmeiras, e da história de vilarejos antigos, eternizada dentro de alguns desses lagos.

• Yueyaquan – Em Qiang, na China, um templo Budista, construído às margens de um lago em formato de meia lua, e cercado por uma rala vegetação e cercado somente por areia é o cenário perfeito para quem busca conhecer paisagens, digamos, diferentes. O lago, com mais de 2 mil anos de existência está em risco, devido à escassez das chuvas e, atualmente, conta com irrigação artificial numa tentativa de preservação.

• Ein Gedi – Próximo ao Mar Morto em Israel, bem no meio de uma região árida, conta com diversas nascentes de água. Segundo a crença judaica, é um local bíblico, pois se acredita que foi ali que David escondeu-se de Saul, em uma caverna. Para quem compartilha dessa crença, a visita ao local pode tornar-se algo ainda mais especial e marcante.

• Wadis – Em meio ao deserto de Omã, é possível encontrar até mesmo frutas e cachoeiras. Basta aventurar-se para conhecer esse verdadeiro paraíso, que conta com piscinas naturais, palmeiras, árvores que dão frutos, dentre outros elementos que compõem um cenário inesquecível para os visitantes.