Principais Minérios e Locais de Produção do Extrativismo Mineral no Brasil


Principais Minérios

A importância da mineração para o Brasil é um fato histórico, percebido já no século XVII, quando foi uma das principais responsáveis pela ampliação da ocupação do território pelos portugueses rumo ao interior.

Ao mesmo tempo os minérios se impuseram, desde então, como uma das principais fontes de riquezas para o país, devido, sobretudo, ao grande potencial que o território brasileiro tem na disponibilidade desses recursos.

Atualmente, é um dos grandes responsáveis pelo superávit comercial brasileiro, atendendo a uma diversificada e renovada demanda por matéria prima para a indústria de países como a China e Estados Unidos.

A indústria da mineração, tanto na extração quanto na transformação de minérios, é responsável por 5% do PIB nacional, gerando empregos e aquecendo o mercado consumidor interno, sem contar com o impacto causado no investimento em infraestrutura, incluindo portos, rodovias e ferrovias.

A necessidade de transporte é um incentivo, também, para o fortalecimento da indústria naval e fonte de matéria prima para a própria indústria nacional.

Principais minérios e estados produtores

Os principais minérios produzidos no Brasil são o ferro, a bauxita, o manganês e o nióbio.

Ferro

O ferro é o líder em termos de importância econômica, devido ao seu papel preponderante na indústria, na produção de bens de consumo, estruturas e bens de produção.

O Brasil produz aproximadamente 235 milhões de toneladas anuais de ferro, com destaque para as reservas localizadas na Serra dos Carajás, no Pará, e no Maciço do Urucum, no Mato Grosso do Sul.

Bauxita

O Brasil é o terceiro maior produtor do mundo desse mineral. É utilizado na produção de estruturas, acabamentos e utensílios.

A produção brasileira gira em torno de 17,4 milhões de toneladas, sendo a Serra do Oriximiná, no Pará, o principal foco da produção desse minério no país.

Manganês

O Brasil é, também, o terceiro maior produtor mundial de manganês, um mineral valioso, utilizado na fabricação do aço e de diversos produtos químicos.

A produção brasileira é de aproximadamente 1,3 milhão de toneladas, sendo os principais polos de produção a Serra dos Carajás, no Pará, o Maciço do Urucum, no Mato Grosso do Sul, e no Quadrilátero Ferrífero, em Minas Gerais.

Nióbio

O nióbio é um dos metais mais valiosos na atualidade, pois é largamente utilizado na produção de equipamentos e produtos que utilizam tecnologia de ponta, portanto de alto valor agregado.

A produção de 38 mil toneladas anuais, com concentração nos estados de Minas Gerais e Goiás, faz do Brasil o maior produtor mundial desse metal.