Resumo Oriente Médio


Você já deve ter ouvido falar sobre o Oriente Médio e suas características, pois é uma terra marcada por conflitos e muita história. Aqui vamos apresentar um resumo sobre o Oriente Médio para que você entenda melhor qual é o significado e a importância dessa região para o mundo.

Resumo Oriente Médio

Conheça as principais características da região

A região está localizada a oeste do continente asiático e possui uma extensão de quase 7 milhões de quilômetros quadrados onde predominam os climas áridos e semiáridos. A sua população atual é estimada em 260 milhões de habitantes. Dentre as principais atividades econômicas da região está o petróleo, sendo o lugar com maior concentração dessa fonte energética no mundo. Para se ter uma ideia, o Oriente Médio abriga cerca de 65% de todo o petróleo mundial.

O Oriente Médio também apresenta a agropecuária como grande atividade econômica. Essa atividade comporta cerca de 40% da população economicamente ativa, porém, o clima da região acaba sendo bastante prejudicial para o desenvolvimento dessa atividade. Por ser uma região onde se predomina o tradicionalismo, utiliza-se pouca tecnologia e mecanização, sendo assim, apresenta pouco atividade industrial. A maioria são industrias petrolíferas como refinarias e petroquímicas.

Uma das grandes atividades econômicas da região está relacionada ao turismo. A região desértica e árida proporcionou grandes reservas de petróleo que deram origem a grandes cidades turísticas como Dubai, Abu Dhabi, Doha, Manama, entre outas. Essas cidades são famosas por suas grandes construções arquitetônicas que se destacam em meio ao deserto, atraindo milhões de turistas todos os anos. O turismo também está ligado às histórias e às culturas religiosas que apresenta.

Na questão religiosa, o Oriente Médio abriga em sua maioria a religião muçulmana, que representa cerca de 92% da população que seguem os ensinamentos do profeta Maomé. Porém, a região também é cenário da religião cristã, que abriga grandes templos históricos e passagens bíblicas.

O Oriente Médio também abriga 6 milhões de judeus que habitam em sua maior parte em Israel. Essa concentração da religião judaica na região ocorreu devido a grandes ondas migratórias durante o holocausto nazista.

Por que a região é marcada pela história e pelos conflitos?

Mas ao referir-se em Oriente Médio, você já deve ter escutado sobre alguns importantes países que marcam uma história importante na humanidade, como Egito, Arábia Saudita, Irã e Israel. Isso porquê essa região no globo terrestre é uma das mais antigas da humanidade que se conhece grandes impérios históricos. Muitos deles tiveram o seu início e o seu apogeu nesta área, como o império babilônico, o império egípcio, o império persa e o famoso império romano. Hoje, as terras são fontes de grandes disputas territoriais. Principalmente por causa da religião e do petróleo.

Esses conflitos acontecem desde a origem das religiões. Na história, o Oriente Médio foi a região onde se iniciou três grandes religiões monoteístas da humanidade, ou seja, o cristianismo e o islamismo. Em Israel, Jerusalém é uma das cidades marcadas por possuir três religiões e três culturas diferentes, sendo assim, constantemente disputada por vários países.

Os ideais religiosos são os principais focos de guerras e conflitos na região. A região abriga grandes facções como o Estado Islâmico que realiza atentados terroristas nos Estados Unidos e na Europa a fim de acreditar estarem fazendo justiça em nome da sua religião.

Como citamos, outro grande conflito na região é por causa da disputa do petróleo que é considerado o ouro negro para o planeta. O oriente Médio concentra a maior reserva deste mineral e está presente em países como Kuwait, Irã, Qatar, Emirados Árabes Unidos, Iraque, Bahrein e Arábia Saudita. A disputa é tanta que alguns estudiosos afirmam que a Guerra do Iraque foi motivada pela busca dos Estados Unidos por petróleo na região.

Ademais, o Oriente Médio é uma região de extrema importância para o ponto de vista geográfico. Tanto que durante a Guerra Fria, a região foi disputa de alianças pelos Estados Unidos e pela União Soviética. Esses países queriam o apoio desses aliados caso houvesse algum conflito armado.

O Oriente Médio também possui importância geográfica por abrigar o Canal de Suez, que é uma grande ligação entre o Mar Mediterrâneo e o Mar Vermelho, que dá acesso ao Oceano Índico. Os navios de transportadoras que precisam ir à Ásia ou à Costa Leste da África não precisam dar a volta no continente africano, apenas precisam passar pelo Canal de Suez. Ou seja, o canal proporciona um menor o tempo de viagem e também menores custos, podendo assim facilitar o comércio de exportação.

A região também é importante geograficamente pois interligar três continentes, ou seja, a Ásia, África e a Europa. Todas as rotas de comércio na região são movimentadas, porém, muitas vezes são consideradas perigosas, pois abrigam o tráfico internacional de pessoas e de drogas.