Primeiros povos: Os índios


Neste artigo vamos falar um pouco sobre os primeiros povos que existiam aqui no Brasil, os índios. Você vai descobrir um pouco mais sobre estes povos que continuam sendo tão importantes e ainda nos dias de hoje, influenciam todos os estados do país com sua cultura, arte e também com a língua.

Quando o Brasil foi descoberto

Alguns historiadores não gostam de utilizar o verbo descobrimento do Brasil. Isso porque o país, apesar de não se chamar Brasil, já existia e muitas pessoas o tinham como lar. Estes povos que aqui viviam antes dos portugueses atracarem seus navios, eram oriundos de diversas tribos diferentes e conviviam de forma pacífica com a natureza, tirando seu sustento da caça, da pesca, agricultura e coleta.

Os índios

Os índios que vivem na região do Brasil e na América Latina, foram responsáveis por muitas contribuições que se mostraram muito significativas para o mundo todo. Entre estas contribuições, podemos citar as plantações de frutas como o abacaxi, o caju e o mamão e outros alimentos como a mandioca, o milho, o feijão, a pimenta e a batata-doce.

Culturalmente os índios possuíam características bastante únicas. Com relação à religião, costumavam acreditar em Deuses que estavam ligados com a natureza, como animais, plantas, seres mágicos e até a própria Terra. A maioria das tribos era politeísta e quase sempre acreditavam em um Deus supremo, que seria o criador de todos. Com a vida dos jesuítas, muitos índios foram convertidos ao cristianismo e perderam totalmente o contato com suas crenças e com sua fé.

Sua cultura rica também deixou marcas profundas na cultura brasileira, tão mestiça. Muitas das lendas indígenas fazem parte ainda hoje da cultura popular brasileira. Os índios também foram os responsáveis por muitos dos hábitos de higiene que temos enraizados no Brasil até hoje. Os primeiros povos que viviam aqui também possuíam relações de comunidade que ainda são desejáveis em todo o mundo. Uma das características mais interessantes era a forma igualitária que os índios tratavam uns aos outros, inclusive com relação ao trabalho realizado por homens e mulheres. Cada um tinha um papel importante na sociedade e raramente eram vistos como sendo mais ou menos relevantes.

No começo a relação foi pacífica e os portugueses conquistaram a confiança dos índios por meio da troca de presentes e sinais e acredita-se que sem a presença dos índios, a conquista do território do Brasil teria sido impossível. Ambos os lados tentavam aprender um sobre os outros e conseguir mais informações. Mas este primeiro período não teve uma vida muito longa e, assim que os europeus perceberam todas as riquezas que havia nas terras dos índios, passaram a agir com força e violência e muitos índios foram escravizados ou mortos.

Outra forma que acabou trazendo morte e sofrimento para a as tribos foram as doenças trazidas pelos europeus e também a poluição que veio junto com a colonização, já que eles não possuíam anticorpos para protegê-los.

Logo, infelizmente, com a colonização do país, muitas tribos indígenas foram dizimadas por completo, por ser um obstáculo para o chamado progresso, que na verdade consistia na exploração dos recursos naturais que aqui existiam. A convivência entre os povos foi bastante violenta e os portugueses, como tinham armas, conseguiram se sobrepor facilmente às populações indígenas que viviam no Brasil.

Alguns historiadores acreditam que quando os portugueses chegaram ao Brasil, existiam cerca de 3 a 4 milhões de indivíduos, todos de diferentes tribos. Já no século XX, a população indígena no Brasil chegava a aproximadamente 150 mil pessoas, bem menos do que havia no começo, mas o número ainda era grande.

Em compensação, em 2010, no último censo realizado no país, chegou-se à conclusão de que o número de indígenas no Brasil não chega a mil pessoas, e o número vem caindo a cada ano.

Índios na atualidade

Cada vez mais as pessoas percebem a importância de manter a cultura indígena viva e presente. Mas, o número das tribos diminui a cada dia e com o progresso muitos deles não veem mais sentido em continuar nas reservas indígenas. No Brasil a FUNAI é o órgão responsável por manter os povos em segurança e, de preferência, vivendo de acordo com seus costumes. Por outro lado, muitas das tribos acabaram completamente devida a influência que a cultura do homem branco teve sobre eles. Em outras tribos há graves problemas com o uso de drogas como o álcool e grande violência contra a mulher.

Atualmente acredita-se que ainda existem remanescentes indígenas das seguintes tribos:
* Ticuna;
* Guarani;
* Caiagangue;
* Macuxi;
* Terena;
* Guajajara;
* Xavante;
* Ianomâmi;
* Pataxó;
* Potiguara.

Nos últimos anos, pesquisadores chegaram a encontrar tribos que ainda vivem totalmente isoladas do contato com o homem branco, no interior da floresta amazônica. E mesmo estando em números tão pequenos, quase 30% da população branca do Brasil se considera como sendo ancestral de índios.