Alemanha Oriental e Alemanha Ocidental: História, Conflitos e Queda do Muro de Berlin


Alemanha Oriental e Alemanha Ocidental
A história da Alemanha atual deve ser contada a partir dos episódios que culminaram, em 1871, na unificação do país a unificação comandada por Bismarck.

Em meados do século XIX, a Alemanha era um imenso território dividido em 39 estados autônomos, que formavam a Confederação Germânica, comandada por uma assembleia em que todos estavam representados.

A verdade, no entanto, é que Prússia e Áustria detinham o poder político. O problema é que esses dois estados disputavam os destinos do território, sobretudo por conta do projeto da Prússia de unificar a Alemanha.

A Prússia conseguiu avançar em seu intento, primeiro, em 1834, criando o Zollverein, um acordo comercial e de desenvolvimento industrial a partir da cooperação entre os diversos estados. Em 1862, Guilherme I, rei da Prússia, nomeou Otto von Bismarck primeiro ministro da Prússia, que tinha como tarefa obter a unificação por meio da ação militar, no que contou com apoio da Áustria, que não duraria muito. Após a anexação dos ducados de Schleswig e Hostein, Prússia e Áustria entraram em guerra, com vitória prussiana.

O projeto de Bismarck levou à guerra com Napolião III, imperador da França, que terminou com nova vitória pruossiana, o que abriu caminho para a unificação, ocorrida em 1871.

Conflitos europeus e mundiais

A unificação da Alemanha trouxe um novo ator no cenário mundial, uma vez que o país entrou na disputa por colônias africanas e asiáticas. A disputa por colônias, matéria prima, mercados consumidores e expansão territorial levou a Alemanha e a Europa à Primeira Guerra Mundial, que teve início em 1914.

Alemanha, Império Austro-Humgaro e Itália formaram a Tríplice Aliança, derrotada pela aliança entre França, Rússia e Reino Unido. O conflito encerrou-se em 1918 e deixou marcas.

Sob Hitler, a Alemanha experimentou um forte desenvolvimento econômico e fortalecimento militar, que sucedeu dias de caos econômico, o mesmo acontecendo na Itália com Mussolini. A aliança entre Alemanha e Itália foi restaurada e uma nova grande guerra viria a partida da anexação da Áustria pela Alemanha, invasão da Polônia e agressão à União Soviética, trazendo França, Reino Unido e Estados Unidos para um conflito sangrento, que mais uma vez terminou na derrota alemã.

O Muro de Berlim

Após a rendição alemão, foi imposto ao país uma divisão entre União Soviética, França, Reno Unido e Estados Unidos, que, em razão das hostilidades entre o bloco socialista e o bloco ocidental acabou se tornando uma divisão entre Alemanha Ocidental, liberal, e Alemanha Oriental, socialista.

Em razão dessa divisão foi erguido um extenso muro, dividindo as duas Alemanhas. Somente em 1989, com o derretimento do bloco socialista na Europa, o muro caiu e as duas Alemanhas iniciaram o processo de reunificação.