O Cristianismo: Surgimento, Características e Conflito Estado x Igreja


O Cristianismo

O Cristianismo chega ao século XXI como maior religião do mundo, com cerca de 2,2 bilhões de adeptos, sendo o Hemisfério Ocidental a região que concentra a maioria deles.

Apesar do volume, o Cristianismo não é um movimento coeso. São diversas as agremiações religiosas cristãs espalhadas pelo mundo. Há estudos que apontam mais 30 mil diferentes denominações cristãs pelo mundo.

Essas agremiações podem ser divididas em três grandes grupos:

– Catolicismo Romano – Trata-se da Igreja Apostólica Romana, a primeira agremiação religiosa a professar o cristianismo.

– Ortodoxos – Surgiram da primeira grande cisma cristã, ocorrido no século XI, que deu origem à Igreja Ortodoxa, cujas características que a diferenciam do catolicismo são a negação da infalibilidade papal e a existência do purgatório.

– Protestantismo – Surgiu no século XVI, decorrente da segunda grande cisma cristã. Tem como marco inicial a Reforma Protestante, liderada por Martinho Lutero. Esse movimento ganhou muita força no norte da Europa e nos Estados Unidos.

Atualmente, o protestantismo vem ganhando força no Hemisfério Sul, mas não em função do rigor das chamadas Igrejas Históricas (Luterana, Anglicana, Presbiteriana e Batista). Esse crescimento é impulsionado pelas igrejas Pentecostais, como Assembleia de Deus, e Neopentecostais, agrupamento que abriga inúmeras denominações, que pouco diferem entre si.

A fé em Jesus Cristo é professada por igrejas que não se consideram protestantes, como os Mórmons, as Testemunhas de Jeová e a Igreja Adventista do Sétimo Dia, assim como os Gnósticos e ainda o Kardecismo, que é uma agremiação espírita e filosófica, estruturada sobre os postulados da moral cristã.

Como surgiu o cristianismo

Antes de se espalhar pelo mundo, o cristianismo teve a sua gênese, que foi a passagem de Jesus Cristo, que disseminou os ensinamentos que orientariam a construção da religião cristã.

Nos primeiros anos do cristianismo, os adeptos foram perseguidos por Roma, que tinha domínio de grandes territórios entre Europa e Ásia. Posteriormente, o próprio Império Romano se curvaria ao cristianismo, de modo que a cidade de Roma é até hoje a capital desse segmento religioso.