Sólidos Inscritos e Circunscritos


Sólidos Inscritos

Os sólidos possuem diversos tipos de formas e tamanhos, e estão presentes no cotidiano de diferentes maneiras, podendo se relacionar entre si de maneiras bastante distintas.

Com estas formas de relacionamento entre os sólidos destacam-se os sólidos que são inscritos ou circunscritos entre si, de maneira que possam se encaixar ou não de acordo com suas características e propriedades.

Conheça mais, abaixo, sobre as características de cada um deles.

Sólidos inscritos

De uma maneira bem simples, os sólidos inscritos são aqueles que se posicionam dentro de outros sólidos, sem que haja qualquer tipo de deformação ou prejuízo a qualquer um dos dois, podendo assim ocupar um espaço conjunto. Para isso, é necessário que ao menos um dos sólidos seja oco, de forma que possa abrigar o outro sólido.

No entanto, é preciso que se observem alguns detalhes que devem ser compatíveis entre os dois sólidos para que possa haver assim a sua inscrição, como altura, largura de base, entre outras características.

Também deve ser observado que os detalhes da inscrição de um sólido podem sofrer variações de acordo com o formato dos dois sólidos envolvidos, de maneira que um possa ser inscrito sem que haja qualquer tipo de impossibilidade devido a seu formato, como cones, pirâmides, esferas, cubos, entre outros.

Sólido circunscrito

O sólido circunscrito, diferentemente do inscrito, não é inserido em outro sólido, ficando assim, com apenas uma de suas partes encaixada.

Para que um sólido possa ser circunscrito, também deve haver uma observação de acordo com seu formato e tamanho, de forma que se adapte aos demais sólidos sem que haja qualquer tipo de pressão excessiva. O que poderia causar prejuízos como rachaduras e quebras, por exemplo.

Assim, pode ser afirmado que o sólido circunscrito é o oposto ao sólido inscrito, sempre havendo uma relação entre dois ou mais sólidos.