Mandado ou mandato?


Qual a diferença entre as palavras mandado ou mandato? Apesar de serem muito parecidas, ambas possuem significado diferente. Além disso, tanto mandado quanto mandato existe na nossa língua, e estão corretas. Vale ressaltar ainda, que mandado e mandato possuem diferentes significados, e por isso, são utilizadas em diferentes situações. A palavra mandado é um adjetivo, e é caracterizado por ser algo que foi mandado a alguma coisa ou a alguém, ou seja, o que recebeu ou foi enviado ordens.

Os adjetivos são uma classe gramatical que dá uma propriedade ao ser, exprimindo a aparência, uma qualidade ou um modo de ser. Além do adjetivo, há outras formas na gramática que também exercem função de adjetivo.

Quando a palavra mandado assume a forma de substantivo comum, do gênero masculino, ela passa a se referir a um despacho administrativo ou ainda a uma ordem judicial.

Mandado

Podemos definir substantivo como sendo a classe gramatical que nomeia seres, qualidades, ações ou estados. Comporta propriedades, os adjetivos e acaba se flexionando em número, gênero e grau. O substantivo então passará a funcionar na oração (frase com verbo) como núcleo de um termo (sujeito, objetivo, predicativo, etc), principal palavra de uma sequência nominal (sem verbo). Na frase ‘Os Estados Unidos foi atacado pelos terroristas’ por exemplo, ‘Estados Unidos’ e ‘terroristas’, substantivos na morfologia, funcionam de maneira sintática, como núcleos do sujeito e do agente da passiva, respectivamente.

Já a palavra mandato é um substantivo masculino comum, e se caracteriza por ser uma espécie de delegação de poderes, ou seja, a autorização que um indivíduo tem para que possa agir em nome de um outro indivíduo. No campo da política, esse termo acaba se referindo ao período que dura um cargo eleitoral.

Ambas as palavras se origem na língua latina, do termo mandato. Enquanto a palavra mandado pode ser um adjetivo, o particípio do verbo mandar ou um substantivo comum do gênero masculino, a palavra mandato é apenas um substantivo comum do gênero masculino.

Adjetivo X Substantivo

Os adjetivos são uma classe gramatical que dá uma propriedade ao ser, exprimindo a aparência, uma qualidade ou um modo de ser. Além do adjetivo, há outras formas na gramática que também exercem função de adjetivo.

Podemos definir substantivo como sendo a classe gramatical que nomeia seres, qualidades, ações ou estados. Comporta propriedades, os adjetivos e acaba se flexionando em número, gênero e grau. O substantivo então passará a funcionar na oração (frase com verbo) como núcleo de um termo (sujeito, objetivo, predicativo, etc), principal palavra de uma sequência nominal (sem verbo). Na frase ‘Os Estados Unidos foi atacado pelos terroristas’ por exemplo, ‘Estados Unidos’ e ‘terroristas’, substantivos na morfologia, funcionam de maneira sintática, como núcleos do sujeito e do agente da passiva, respectivamente.

Mandado X mandato?

Podemos dizer que mandado e mandato são palavras parônimas, ou seja, são bem parecidas tanto em sua pronúncia, quanto em sua escrita, mas possuem diferentes significados.

Vale ressaltar que alguns dicionários brasileiros, afirmar que ambas as palavras são sinônimas em alguns de seus significados.

Definimos como mandato quando um indivíduo possui autorização para que ações determinadas sejam praticadas em nome de outros. Portanto, este é um poder que um indivíduo acabou conferindo a outro, com o objetivo de que esse aja em seu nome. Como sinônimos podemos destacar as palavras delegação e procuração. Na maioria das vezes, essa palavra é utilizada em termos políticos, para caracterizar os poderes que são dados a um ser que representa durante um certo tempo, os cidadãos.

Neste caso, a oração correta seria: ‘A presidente Dilma Rousseff possui um mandato pela frente.’

Já a palavra mandado faz referência a uma ordem administrativa ou judicial e por isso, assume valor de um substantivo comum do gênero masculino: mandado de segurança, mandado de soltura, mandado de busca, mandado de busca e de apreensão, mandado de citação, mandado de captura, etc.

Neste caso, o emprego correto na frase seria: ‘A presidente Dilma Rousseff expediu um mandado na justiça.’

Vale ressaltar, que em algumas situações, a palavra mandado assume o sentido de adjetivo, como na frase que a maioria de nós já devemos ter escutado: ‘Ela é pau mandado do namorado. ’

Agora, observe alguns outros exemplos:

A. A presidente Dilma Rousseff não cumprirá o seu mandato até o final, pois pode sofrer um impeachment.

B. A Câmara dos deputados promoveu a cassação do mandato do deputado estadual.

C. O delegado tinha em mãos um mandado de prisão, e por isso estava apto para mandar que policiais prendessem um dos traficantes mais procurados do mundo.

D. Apesar de ter conseguido passar no concurso, não terminei o ensino superior, e por este motivo, tentarei conseguir com o juiz da minha cidade, um mandado de segurança;

E. Ele não conseguirá ir muito longe, já que temos em mãos um mandado de prisão para ele.