Minuciosidades relativas ao verbo HAVER


Na hora de usar o verbo haver surgem muitas dúvidas, principalmente com relação à concordância e à conjugação. Não é à toa que o verbo haver está sempre presente em questões de concursos públicos e vestibulares. Por isso, é importante aprender a usá-lo corretamente para aumentar a pontuação nos exames e, claro, falar e escrever certo.

minuciosidades-relativas-ao-verbo-haver

Mas não é difícil aprender. Basta fazer vários exercícios sobre o uso do verbo haver e, sempre que tiver dúvida, consulte um livro de gramática para não continuar errando.

O verbo haver é muito usado em locuções verbais. Em determinadas frases aparece como verbo impessoal e, em outras, como verbo pessoal. Também pode ser aplicado com vários sentidos na construção da frase: ter, obter, conseguir, alcançar, entender, julgar e como verbo pronominal.

O verbo haver é irregular, ou seja, na conjugação, o radical e as terminações do verbo haver são alterados. Também é importante prestar atenção para não confundir formas do verbo haver com a de outros verbos. Exemplos: haja/aja, houve/ouve.

Verbo haver com o sentido de existência

Haver é classificado como um verbo impessoal quando indica existência ou é sinônimo dos verbos acontecer e ocorrer. Neste caso, por não possuir sujeito, a conjugação do verbo haver ocorre somente na terceira pessoa do singular.

Veja os exemplos abaixo:
• Não julgue! Há pessoas muito solidárias nessa empresa.
• Havia muitas festas na cidade natal de meus pais.
• Houve celebrações naquela semana.
• Havia meses que Ana Maria não visitava a família.
• Havia muitos alunos no pátio da escola.
• Não havia razão para ir a Santos.
• Há dias que sinto vontade de sumir desse lugar.
• Há belas praias no litoral de Pernambuco.
• Houve muitas brigas naquela festa junina.
• João e Maria moravam em Salvador havia dois anos.
• Houve situações muito complicadas no meu casamento.
• Planeje a viagem com antecedência para que não haja imprevistos.
• Há tantas pessoas de bom coração.

Porém, quando substituímos o verbo haver para ocorrer, acontecer e existir, é necessário fazer a conjugação correta, pois estes verbos são verbos pessoais.

• Não julgue! Existem pessoas muito solidárias nessa empresa.
• Aconteciam muitas festas na cidade natal de meus pais.
• Ocorreram celebrações naquela semana.
• Planeje a viagem com antecedência para que não ocorram imprevistos.

Verbo haver no tempo composto

Quando o verbo haver funciona como um verbo auxiliar, em tempo composto (haver + verbo principal), ele será conjugado conforme a pessoa. Já o verbo principal fica no particípio.

Veja alguns exemplos:

• Havíamos comido todos os pães feitos pela vovó.
• As meninas haviam provado todos os perfumes da tia delas.
• Haviam bebido dois litros de chá.
• Haviam visto os cães soltos no bairro
• Haviam notado o novo penteado da professora

Verbo haver em locuções verbais

Quando o verbo haver é o verbo principal, em uma locução verbal, será conjugado na 3ª pessoa do singular. O outro verbo também permanecerá na 3ª pessoa do singular.

Veja os exemplos:

• Deve haver outra solução
• Deve haver saídas de emergência nesse prédio
• Pode haver alguma divergência durante a reunião.
• Pode haver erros graves neste processo.

Outras formas de usar o verbo haver

O verbo haver também pode ser utilizado assim:

• Com o sentido de “obter”: Houveram do delator uma prova significativa para elucidar o caso.
• Com o sentido de “lidar”: Os alunos houveram-se muito mal nas apresentações de peças teatrais.
• Com o sentido de “considerar”: Nós o havemos como um especialista em cultura africana.

Como verbo pronominal, o verbo haver pode ser usado com o sentido de: sair-se, portar-se, proceder, desincumbir-se. Exemplo: O tenente Mello houve-se como desertor.

Outra situação: verbo haver + preposição com, no sentido de acertar contas, entender-se.

• O ex-prefeito terá de haver-se com a Polícia Federal.

O verbo haver pode ser usado como sentido de ter:

• Maria pedia a Deus que visse seu sofrimento e houvesse piedade dela.
• Os meninos não houveram o que tanto sonharam.

O verbo ter tem o sentido de possuir, portanto, o emprego desse verbo é completamente distinto do verbo haver. Seguem alguns exemplos dessa explicação:

• A criançada tem um espaço para brincadeiras
• Há um espaço onde a criança brinca.
• João teve razões para reclamar do atendimento.
• Houve razões para que João reclamasse do atendimento.

Cuidado para usar o verbo ter, quando o certo é utilizar o verbo haver. Veja exemplos de erros comuns:

• Errado: Teve muitos conflitos naquela reunião
• Correto: Houve muitos conflitos naquela reunião
• Errado: Tem pessoas que gostam de café sem açúcar.
• Correto: Há pessoas que gostam de café sem açúcar.
• Errado: Na hora do almoço, tinha um grupo de manifestantes na rua.
• Correto: Na hora do almoço, havia um grupo de manifestantes na rua.

Com o sentido de conseguir:

• Os condenados houveram do juiz o indulto de Natal.

Conjugação do verbo haver

O verbo haver é conjugado nos modos verbais: indicativo, subjuntivo, imperativo afirmativo e negativo; e infinito pessoal.

Indicativo
• Presente: Eu hei
Pretérito imperfeito: Eu havia
Pretérito perfeito: Eu houve
Pretérito mais-que-perfeito: Eu houvera
• Futuro do presente: Eu haverei
• Futuro do pretérito: Eu haveria

Subjuntivo
• Presente: Que eu haja
• Pretérito imperfeito: Se eu houvesse
• Futuro: Quando eu houver

Imperativo
• Afirmativo: Há tu
• Negativo: Não hajas tu

Infinitivo pessoal: Por haver eu

Estas informações foram úteis para seus estudos?
Compartilhe e leia outros artigos no site.