Orações Coordenadas, Adjunto Adnominal e Adverbial, Aposto e Vocativo


Orações Coordenadas

As Orações Coordenadas são as orações que são independentes, isto é, que possuem o seu sentido completo e não precisam de outras orações para transmitir a mensagem. As orações coordenadas podem ser dependentes entre si em estrutura semântica, mas não em estrutura sintética. Isso significa que elas podem ser dependentes para concluir um significado, mas são independentes para formar um período.

As orações coordenadas podem ser:

Assindéticas – quando são ligadas sem conjunção (usando a vírgula, por exemplo)

Sindéticas – quando são ligadas por conjunções. São classificadas em: aditivas; adversativas; conclusivas; alternativas e explicativas.

Adjunto Adnominal

Considera-se como adjunto adnominal todo termo que modifica um determinado substantivo, seja qual for a função que ele exerce na oração. Os adjuntos adnominais podem ser representados por: artigos, adjetivos, locuções adjetivas, numerais ou pronomes adjetivos.

Para que não se confunda o adjunto adnominal com complemento nominal, é preciso saber que o adjunto adnominal só se refere a substantivos, sejam eles concretos ou abstratos.

Adjunto Adverbial

Considera-se como adjunto adverbial o termo que se relaciona com o verbo, na função de acrescentar uma circunstância a mais. Dentre essas circunstâncias, estão: ideia de tempo, lugar, intensidade, modo, negação, entre outros. O adjunto adverbial se trata do advérbio, que recebe essa classificação na análise sintática.

Aposto

O aposto é empregado em uma frase com a função de esclarecer, explicar, ou ainda, resumir um termo usado anteriormente. Pode ser indicado quando se coloca o termo entre vírgulas, ou quando se utilizam os dois pontos em uma frase.

Vocativo

O vocativo é o modo utilizado para fazer uma chamada a um determinado ser (pelo nome, característica ou apelido) dentro de uma frase. Na forma escrita, o vocativo sempre aparece indicado entre vírgulas.

Na oração, ele não pertence nem ao predicado e nem ao sujeito, pois se trata de um termo isolado.