Fenóis, Enóis e Éteres: Classificação e Nomenclatura


Fenóis, Enóis e Éteres

Na química orgânica são estudados alguns compostos, como fenóis, enóis e éteres. Cada grupo possui uma classificação e nomenclatura e é interessante conhecer mais sobre o assunto.

• Fenóis

São chamados de fenóis todos os compostos orgânicos que possuem uma hidroxila (OH) ligada um benzeno (ou anel aromático).

• Enóis

Os enóis também possuem uma hidroxila (OH), mas a diferença é que está ligada a um carbono insaturado.

• Éteres

Os éteres possuem um oxigênio (O) entre os átomos de carbono.

Classificação de cada composto orgânico

Fenóis podem ser classificados em:

• Monofenóis, quando contém apenas uma hidroxila no composto;
• Difenóis, quando há duas hidroxilas presentes;
• Trifenóis, quando o composto orgânico é formado por três hidroxilas.

No lugar de trifenóis é utilizado também o termo polifenol, para definir qualquer molécula que possua mais de duas hidroxilas em sua composição.

Os éteres são classificados em:

• Simétricos, quando os elementos ligados ao oxigênio são iguais.
• Assimétricos, quando os radicais que fazem ligação com o oxigênio são diferentes.

• Nomenclatura

A nomenclatura de fenóis, enóis e éteres é determinada pela IUPAC (União Nacional de Química Pura e Aplicada) e feita da seguinte maneira para cada um dos compostos:

• Fenóis

Localização do grupo OH – hidróxi – nome do anel aromático. Outra opção é usar o termo “ol” logo após do nome do aromático, substituindo o termo “hidróxi”.

Ex: O fenol comum pode ser chamado de benzenol ou hidróxi-benzeno. Outros fenóis que seguem a regra completa, por terem outras ramificações são: o 1-hidróxi-naftaleno e o 3-etil-5-metil-hidroxibenzeno.

• Enóis

A nomenclatura dos enóis segue a seguinte sequência: Prefixo: quantidade de carbonos – Infixo: tipo de ligação – Sufixo: grupo funcional

Ex: H2C = CH – OH. Possui dois carbonos – et, uma ligação dupla – en e o sufixo da função enol – ol. Portanto, o composto em questão é o etenol. Em alguns casos pode ser necessário numerar onde se encontra o grupo funcional ou a insaturação. Ex: H3C─ CH ═ CH­ ─ OH, que é o prop-1-en-1-ol.

• Éteres

Os éteres seguem a regra: prefixo e sufixo. O prefixo de acordo com o tipo de ligação e o sufixo pode ser oxi (se for a cadeia menor) ou ano (se for a cadeia maior).

Ex: CH3 – O – CH2 – CH3 é chamado de metoxietano. Pois a cadeia menor, antes do oxigênio é o CH3, um único átomo de carbono, met e o sufixo oxi. A cadeia maior, CH2 – CH3 possui dois carbonos, et e o sufixo ano.