Reação de Simples Troca


Você provavelmente já deve ter ouvido falar da reação de simples troca, também conhecida de reação de deslocamento.

Reação de Simples Troca

Estudamos essa situação nas aulas de química e essa reação costuma ser simples, como já diz seu próprio nome. Ocorre quando estão presentes uma substância composta (que possui dois elementos químicos) e uma substância simples.

Para que a reação de deslocamento aconteça é preciso que estejam presentes dois reagentes, que resultarão ao final em dois produtos.

A diferença é que um dos reagentes é um elemento químico e o outro um composto químico. O resultado dessa reação é uma nova substância simples e uma nova substância composta.

Podemos representar uma reação de simples troca por:

A BC -> B AC ou A BC -> AB C

Esse tipo de reação química recebe também o nome de reação de deslocamento porque a substância simples desloca da substância composta um elemento químico simples. Assim temos um novo composto químico e um novo elemento.

Subtipos de reações de simples troca

Existem dois subtipos de reações de simples troca. Em um deles, os elementos A e B são metais, enquanto que o elemento C é um não-metal ou semimetal. Na segunda opção A e B são ametais ou semimetais e C é um metal.

1. Por exemplo:

Zn 2HCl -> ZnCl2 H2

O zinco é mais reativo que o hidrogênio, por isso ele é quem se junta com o cloro. O resultado da reação entre zinco e ácido clorídrico é cloreto de zinco e gás hidrogênio.

Aqui temos uma reação entre um metal e um composto ametal.

2. Vejamos outro exemplo:

Cl2 2 KI → 2 KCl I2

O cloro é mais reativo que o iodo, por isso a reação ocorre. Então a reação de cloro com iodeto de potássio resulta em cloreto de potássio e iodo.

Aqui temos a reação entre um ametal e um composto metal-ametal.

3. Mais um exemplo:

FeS2 Ca -> Fe CaS2

O cálcio é mais reativo que o Ferro. Então em uma reação de dissulfeto de ferro e cálcio temos como resultado ferro com dissulfeto de cálcio.

Esse é um caso em que temos um metal reagindo com um composto metal-ametal.

4. Mais um exemplo:

Cl2 2NaI -> 2NaCl I2

O cloro é mais reativo que o Iodo e, portanto, assume seu lugar. Assim, em uma reação de Cloro com Iodeto de sódio temos como resultado cloreto de sódio (também conhecido como sal de cozinha) e iodo.

Esse é um exemplo de reação entre dois ametais e um metal. O Cloro e o Iodo são ametais enquanto que o Sódio é um metal.

• Eletronegatividade dos elementos químicos

O deslocamento que resulta na reação química ocorre de acordo com a eletronegatividade dos elementos envolvidos, sendo assim temos que:

Li > Cs > Rb > K > Ba > Sr > Ca > Na > Mg > Al > Mn > Be > Zn > Cr > Fe > Cd > Co > Ni > Sn > Pb > H > Sb > Bi > As > Cu > Hg > Ag > Pd > Pt > Au

Que significa dizer que para o deslocamento de cátions (ou íons positivos), o lítio é o elemento com maior prioridade.

F > O > Cl > Br > I > S > C > P > H

Já no caso de deslocamento de ânions (íons negativos), quem tem maior prioridade é o Flúor.

Observe que, quando falamos de cátions, estamos falando de metais e semimetais, enquanto que quando falamos de ânions tratamos de ametais.

Como saber se uma reação de simples troca irá ocorrer

Para saber se uma reação de simples troca irá ocorrer basta consultar a eletronegatividade dos elementos químicos envolvidos.

Isso significa dizer que a substância simples que você pretende fazer reagir com uma substância composta precisa ter maior eletronegatividade que os elementos presentes no composto químico.

Vejamos agora alguns exemplos:

• Zn CuSO4 → Cu ZnSO4

Essa reação ocorre, pois, o zinco é mais eletronegativo do que o cobre. No entanto, caso quiséssemos experimentar a reação inversa, ela não aconteceria.

O motivo? Como o zinco é mais reativo que o cobre, este não conseguiria deslocá-lo para então fazer a reação de simples troca.

• Zn 2 HCl → ZnCl2 H2

Essa reação ocorre também. Já que o Zinco é mais reativo que o hidrogênio quando posicionado como um metal (no caso com o comportamento de um metal).

Agora o contrário não ocorreria, já que o hidrogênio é menos reativo que o zinco.

• I2 KCl → Não ocorre.

Essa reação de deslocamento não ocorreria, já que o iodo é menos reativo que o cloro.

• Cl2 2 NaI → 2 NaCl 1 I2

A reação de simples troca também pode ocorrer entre os ametais e segue a mesma regra. O elemento deve ter maior reatividade para que consiga deslocar o outro e causar a reação.

No exemplo o cloro é mais reativo que o iodo, o que faz com que seja possível acontecer a reação de deslocamento ou substituição.

Agora você já sabe o que é a reação de simples troca e como ela funciona.