Tipos de Isomeria e Oxido-redução


Tipos de Isomeria

A isomeria é um fenômeno no qual duas composições ou mais apresentam uma fórmula molecular idêntica, sendo diferenciadas, porém, pelas fórmulas estruturais destas duas composições.

Desta forma, os isômeros (como são chamados os compostos que apresentam as características da isomeria) possuem, em geral, propriedades físicas distintas, embora suas propriedades químicas possam ou não diferir entre si.

Diferentes tipos de isomeria

A isomeria pode ser classificada de diferentes formas, gerando assim subgrupos de isômeros. Confira a seguir quais são os tipos de isomeria e suas principais características:

– Isomeria de posição

A isomeria de posição se caracteriza por isômeros que possuem uma função química e uma cadeia carbônica idêntica, diferindo apenas na posição de um grupo que pode ser funcional ou radical, ou ainda por insaturação diferente entre os isômeros.

Isomeria dinâmica

No caso da isomeria dinâmica, também chamada de tautomeria, os isômeros pertencem a diferentes funções orgânicas, mas coexistem em uma solução com um equilíbrio dinâmico.

– Isomeria de compensação

Também conhecida como metameria, este tipo de isomeria é caracterizado pelo posicionamento diferente do heteroátomo nos isômeros, que são idênticos em suas funções químicas e cadeias.

– Isomeria de função

Os isômeros de função, que caracterizam a isomeria de função, são aqueles que pertencem a diferentes funções orgânicas.

Óxido-redução

A óxido-redução é um processo de reação de transferência de elétrons, que acontece quando há a oxidação de um átomo, gerando o processo de reação em um outro átomo que acaba sendo reduzido.

Da mesma forma, quando um átomo sofre redução, haverá a oxidação de um outro átomo, sendo este processo inverso tão natural quanto a óxido-redução.

Assim, pode-se definir a óxido-redução como um processo de perda de elétrons para que haja o aumento da oxidação, enquanto o processo inverso causa o ganho de elétrons e a diminuição da oxidação.