Raposa Vermelha


A Raposa Vermelha, cujo nome científico é Vulpes vulpes, é uma raposa do gênero Canidae, e da espécie de gênero Vulpes, o gênero que concentra a maior quantidade de espécies de raposas do mundo. Estes animais são mamíferos e carnívoros.

Raposa Vermelha

Como o próprio nome sugere, a Raposa Vermelha possui uma pelagem de cor avermelhada, com alguns tons de amarelo, que fazem com que seja considerada uma das espécies mais bonitas do mundo. Além disso, são animais que podem chegar a um tamanho considerável, com cerca de 40 centímetros de altura e um comprimento que varia de 90cm a 1,40m.

O peso dessas raposas varia e possui diferenças significativas entre os machos e as fêmeas. Enquanto as fêmeas pesam entre 4 e 8 quilos, os machos podem atingir de 6 até 10 quilos.

Outro detalhe característico da Raposa Vermelha está em suas orelhas, que possuem um formato pontiagudo e a pelagem escura em sua parte de trás. O focinho também diferencia a Raposa Vermelha das demais espécies, com um formato bastante fino.

Já a cauda destes animais é algo que merece uma atenção especial em uma observação sobre a espécie, pois são bastante espessas, diferentemente de outros animais semelhantes. As caudas são bastante utilizadas pelas raposas vermelhas, que podem usá-las para se esquentar em períodos frios, ou mesmo para a comunicação dentro de um grupo.

Em geral, as raposas vermelhas costumam viver em grupos formados por um macho e várias fêmeas, utilizando tocas para se abrigar. Estas tocas podem ser cavadas pelas próprias raposas ou mesmo locais abandonados por animais anteriormente.

A reprodução é outro ponto importante na observação da Raposa Vermelha, uma vez que esta espécie possui hábitos bastante fraternais com seus filhotes, que recebem proteção até o outono seguinte após seu nascimento. O período de acasalamento e reprodução da Raposa Vermelha pode variar de acordo com sua localização, acontecendo sempre entre os meses de dezembro e abril.

Habitat e alimentação da Raposa Vermelha

A Raposa Vermelha possui um habitat bastante variado, pois esta espécie pode ser encontrada em locais bastante diferentes pelo mundo, sendo os principais a América do Norte, a Europa e a Ásia. Além disso, poucas populações de raposas vermelhas podem ser encontradas ainda na África, embora seja menos comum neste continente.

A Raposa Vermelha também está presente, também, na Austrália, onde foi, porém, introduzida pela ação humana. Esta introdução da espécie no país teve como objetivo o controle da população de coelhos, que não possuía predadores naturais, fazendo com que se espalhassem de forma desordenada.

Por estar espalhada em diversos locais do mundo, a Raposa Vermelha é um animal que se adapta a diferentes condições, podendo viver em habitats diversos. Porém, em todos estes lugares, a Raposa Vermelha evita regiões como florestas muito densas ou desertos, que podem dificultar sua busca por tocas e lugares seguros para abrigar-se.

Os hábitos alimentares da Raposa Vermelha também podem ser bastante variados, embora sua base de alimentação sejam pequenos animais, como coelhos, lebres ou animais semelhantes. No entanto, podem se alimentar ainda de aves, insetos, ovos, peixes ou frutas.

A Raposa Vermelha possui um diferencial em relação a seus hábitos alimentares. Esta espécie pode possuir até 20 locais diferentes para serem utilizados como esconderijo de comida, sem que se esqueça de nenhum deles, garantindo assim uma forma de estocar alimentos quando necessário.

Há ainda registros de raposas vermelhas que passaram a se alimentar de restos de comida deixados por humanos, em regiões onde os animais encontram-se perto de cidades ou propriedades rurais. Desta forma, é possível identificar a habilidade da Raposa Vermelha em se adaptar a diferentes situações e locais, buscando sempre se manter alimentada e protegida.

A caça à Raposa Vermelha

Alguns fatores fazem com que a Raposa Vermelha seja um dos animais mais caçados ao redor do mundo, tendo sua caça liberada em alguns países. O fato de não ser um animal em extinção, aliado à beleza desta espécie são alguns dos fatores que contribuem para isso.

No entanto, vale ressaltar que a caça à Raposa Vermelha é feita unicamente de forma esportiva, uma vez que sua carne não é apropriada para o consumo. Isto fez com que diversos grupos levantassem a bandeira contra a caça a esta espécie, conseguindo alguns resultados positivos.

Na Inglaterra, onde a caça à Raposa Vermelha era considerada uma tradição secular, passada por gerações dentro de famílias britânicas, ela foi proibida a partir de 2005. Da mesma forma, alguns outros países seguiram o mesmo caminho, como forma de proteção à Raposa Vermelha.

Porém, em países da Europa e nos Estados Unidos, a caça ainda é liberada, especialmente no país norte-americano, onde o animal é conhecido como “ladrão de galinheiros”, e sua caça é vista como uma forma de proteger criações e áreas rurais.

Desta forma, é ainda presente o debate sobre a legalidade da caça esportiva à Raposa Vermelha, uma vez que dezenas de outras espécies animais que deixaram de existir em todo o mundo tiveram em algum momento sua caça liberada. Assim, embora ainda não corra risco de extinção, tal ato pode ter consequências graves para a espécie em um futuro em médio ou longo prazo.