Geradores Elétricos


Geradores elétricos são aparelhos importantes que, apesar do nome, não geram energia, mas sim, a convertem. Neste artigo, você vai aprender tudo a respeito destes equipamentos, como funcionam e qual é a sua funcionalidade. Veja a seguir:

Geradores Elétricos

O que é um gerador elétrico

Conforme já dissemos anteriormente, este dispositivo não é um verdadeiro gerador de energia elétrica. Na verdade, o que este aparelho faz é transformar outro tipo de energia, como por exemplo a mecânica ou a química em elétrica.

Há diferentes tipos de gerador, muitos bem conhecidos do nosso cotidiano. Um dos mais simples é o dínamo, que é capaz de gerar energia de forma contínua. Ele funciona transformando a energia mecânica em elétrica e isso pode acontecer ao se pedalar em uma bicicleta por exemplo, se ela estiver conectada com um gerador.

Podemos citar ainda o gerador eletrostático, como a conhecida máquina de Wimshurst, que pode ser facilmente encontrada na maioria dos laboratórios de física com a finalidade de demonstrar como a eletricidade funciona na prática.

Os geradores elétricos podem ser divididos em tipos, de acordo com a energia que irá ser transformada. São eles:

* Que convertem energia mecânica em elétrica
* Que convertem energia química em elétrica
* Que convertem energia do sol em elétrica

Como exemplos do primeiro tipo, podemos citar o dínamo, conforme já foi citado anteriormente, o gerador síncrono e o assíncrono ou de indução. O motor elétrico também entra nesta categoria, porém funciona fazendo o trabalho inverso, isto é, transformando a energia elétrica em mecânica.

Já como exemplos do segundo tipo, temos as pilhas e baterias, além dos geradores de célula de combustível. E por último, os geradores fotovoltaicos, que transformam a energia solar em elétrica, como nos painéis que hoje podem ser encontrados em casas e empresas. Esta aliás é uma das formas de geração e conversão de energia mais limpas dos dias de hoje.

Ou seja, não se trata de algo novo ou que agora passa a fazer parte de nossas vidas. O gerador elétrico foi inventado no ano de 1866 por um dos fundadores de uma das empresas de tecnologia mais conhecidas no mundo todo, a Siemens. Ele se se chamava Ernest Von Siemens, um industrial e inventor alemão, que também foi responsável pela invenção do dínamo elétrico, telégrafo de ponteiro, fotômetro de selênio e elevador elétrico.

Ernest Von Siemens foi tão importante para a história da física e das invenções modernas que recebeu a homenagem de seu nome se transformar em uma unidade do Sistema Internacional de Unidades com o símbolo S, medindo a admitância e condutância elétrica.

Funcionamento e aplicação

Se um gerador elétrico é aquele que transforma outros tipos de energia em eletricidade, ele tem como principal objetivo fornecer energia para um sistema qualquer. Na estrutura de um gerador podemos encontrar sempre dois polos, um positivo, que possui maior potencial elétrico e um negativo, com menor potencial. A potência total do dispositivo portanto pode ser demonstrada com a seguinte equação: Potg = E.i.

Nela, Potg é a potência elétrica gerada, que também pode ser representada pela letra w minúscula, E é a força eletromotriz, que é apresentada nas equações pela letra V maiúscula e i, que é a corrente elétrica, sempre medida em ampere (A).

No mundo ideal, os geradores não perderiam energia durante a troca, mas isso não ocorre na realidade, já que existe uma resistência interna. Esta equação apresentada acima portanto, não pode ser aplicada na realidade para descobrir qual é a quantidade total gerada por um determinado dispositivo.

Neste caso, devemos considerar também a resistência, que causa a perda da força. Para isso, usamos primeiro a equação que é seguinte maneira: Potd = r.i² Nesta situação, Potd é a Potência dissipada, também medida em Watts, r é a resistividade do condutor (Ω) e i, mais uma vez, a corrente elétrica. Somente ao calcular esta equação primeiramente podemos descobrir qual é a quantidade total de energia transformada por um gerador elétrico. A expressão que nos auxilia a chegar neste resultado é:

Potg = Potd Potl
E.i = r.i² U.i

Só é importante lembrar que o U = E – ri, só é válido para circuitos fechados. Para abertos, devemos sempre considerar que a corrente elétrica presente nele é nula, ou seja, i seria igual à zero e U, igual a E.

Os geradores elétricos fazem parte de nosso cotidiano. Diversas empresas, hospitais, shoppings e outros estabelecimentos comerciais utilizam todos os dias, principalmente quando sabem que não podem correr o risco de ficar sem energia.

Eventos sociais como casamentos, festas e shows também costumam sempre fazer a locação de um gerador elétrico, já que a perda de energia fornecida pelas companhias pode acabar resultando em um fracasso para toda a organização. A locação de geradores de energia é algo relativamente caro e o seu preço está sempre ligado com a capacidade do mesmo.