Resumo Dia Internacional da Mulher


O Dia Internacional da Mulher resultou de uma série de lutas, fatores e reivindicações envolvendo o público feminino. Porém, é de senso comum o fato de que a data não serve apenas para comemoração – mas principalmente, para a discussão da importância da mulher na sociedade. Neste artigo, confira um resumo sobre o Dia Internacional da Mulher, a história por trás da escolha do dia 08 de março e demais informações.

Resumo Dia Internacional da Mulher

História Dia Internacional da Mulher

O Dia Internacional da Mulher é comemorado em 08 de março. A data foi instituída no ano de 1910 em território dinamarquês, durante a Segunda Conferência Internacional de Mulheres Socialistas. Porém, ela só foi reconhecida pela ONU décadas mais tarde, mais precisamente, em 1975.

E se você acha que o dia 8 de março foi escolhido à toa, sem uma justificativa, está enganado (a).

Nesta data, no ano de 1857, a primeira greve organizada por mulheres ocorreu em uma fábrica de tecidos nova-iorquina, ou seja, nos EUA. O público feminino reivindicava por:

  • Dignidade no tratamento (já que sofrer violência física ou sexual durante os turnos era praticamente comum);
  • Diminuição da carga horária de trabalho para 10 horas (que antes era de 16 horas);
  • Salários equivalentes aos pagos para os indivíduos de sexo masculino com a mesma função (as mulheres recebiam, pelo mesmo trabalho, apenas 1/3 do salário).

Conta-se que, como forma de repressão à greve, o dono da fábrica teria trancado as mulheres dentro dela, ateando fogo no ambiente logo em seguida. Se este foi o real objetivo do proprietário do local nunca saberemos. Alguns estudiosos discordam sobre a ocorrência de tamanha covardia e afirmam que, nesta data, a greve foi apenas reprimida violentamente pelos policiais.

O que se sabe com certeza é que no dia 25 de março de 1911 mais de 140 funcionários (sendo a grande maioria mulheres) morreram carbonizados também em uma fábrica de tecidos de NY.

Alguns indivíduos acreditam então que há uma de confusão entre as duas datas.

Objetivos do Dia Internacional da Mulher e conquistas

De todo modo, no ano de 1910 decidiu-se que o dia 8 de março seria o Dia Internacional da Mulher. Entre os principais objetivos da definição desta data destacamos:

  • Busca de apoio internacional para que a mulher obtivesse direitos civis de voto;
  • Melhora das condições trabalhistas para as mulheres (com destaque para a equivalência de salários);
  • Discussões sobre o papel do gênero feminino na sociedade;
  • Acabar com a discriminação e, principalmente, com a violência contra a mulher – seja ela sexual, física ou emocional;
  • Eliminar o preconceito contra a mulher e, principalmente, a desvalorização de sua figura em sociedade.

Vale destacar que a busca por direitos femininos ainda é grande em vários lugares do mundo – e principalmente em países africanos e asiáticos. Em algumas nações – como em Nepal, por exemplo – as mulheres ainda devem se submeter ao procedimento de mutilação, ou seja, a remoção do clitóris para que não sintam prazer durante a relação sexual.

Já em algumas nações do Oriente Médio, como na Arábia Saudita, as mulheres não têm o direito de dirigirem e só podem estudar caso sejam autorizadas por seus pais ou maridos.

E o Brasil não está tão adiantado assim como parece. O direito ao voto, por exemplo, só foi conquistado pelo público feminino no ano de 1932 (o que não faz nem um século).

Sendo assim, devemos destacar que muita coisa já mudou – mas nem tudo. As mulheres ainda sofrem com uma série de situações, sendo algumas delas:

  • Punição muito leve para agressores e estupradores, o que faz com que muitas nem se quer denunciem seus maridos, pais ou outros homens de seu círculo social pelo medo de as agressões continuarem;
  • Salários mais baixos do que quando em comparação ao que é pago para os homens para o desempenho de cargos e funções idênticas;
  • Jornadas muito extensas de trabalho;
  • Desvantagens de ascensão profissional, principalmente em cargos em que os homens ainda predominam – como na política, por exemplo;
  • Violência física e emocional, que ainda faz com que as mulheres se sintam rebaixadas.

Por outro lado, alguns marcos de conquistas de mulheres na história são os seguintes:

  • 1788: neste ano, as francesas ganharam o direito de educação, emprego e participação nas decisões políticas;
  • 1859: na data surgiu o primeiro movimento de luta feminino em território russo;
  • 1865: já nesta data surgiu a Associação Geral das Mulheres Alemãs, criada por Louise Otto;
  • 1866: o território inglês foi o primeiro a exigir o direito de voto para as mulheres – mesmo sem sucesso;
  • 1870: as mulheres francesas passaram a ser aceitas em faculdades de Medicina a partir desta data;
  • 1893: neste ano, a Nova Zelândia concedeu o direito de voto para o público feminino – sendo a primeira nação do mundo a tomar essa atitude.

No Brasil, o Dia Nacional da Mulher é comemorado em 30 de abril.